quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

ervas daninhas

Dói-me a alma de cada vez que entro aqui e vejo este abandono.

Vou colocar aqui qualquer coisa que não me relembre, que não me enfraqueça, que não me faça recair.
Vou colocar aqui um remendo, grande, feio e desconexo, só para evitar o último post, que me congela e paralisa, e assim, um dia destes, quando entrar, desbloqueio. Hoje não é o dia.

1 comentário:

macho sensivel disse...

Tenho andado afastado da leitura de blogs porque tenho tido alguma dificuldade em gerir todo o meu tempo, por isso só agora estou a comentar.
Percebo o que queres dizer e a meu ver, fazes bem retomar a escrita no teu blogue. Digo isto porque pessoalmente ajudou-me imenso, ter criado recentemente o meu blogue e escrever todos os dias. Sinto-me muito mais leve e bem disposto. E pelos vistos, não sou só eu, porque as pessoas que visitam e comentam o meu blogue dizem sentir o mesmo. Há quem diga que faz parte do dia a dia e já não passa sem ir lá todos os dias...
Só por isso, vale a pena e é um incentivo continuar a escrever. Espero que entretanto estejas a sentir-te melhor... Beijinhos